Discovery 1×05 (review)

Continua longe de ser Star Trek mas dessa vez apresentou pelo menos um pouco de diversidade

Depois de torturarem um ser alien a discovery é agora capaz de fazer pulos no hyper espaço (como starwars), assim conseguindo cumprir sua missão e fazendo o Capitão da nave receber elogios da Federação, mas a oficial de ciências Micheal começa a ter pesadelos por ter torturado a criatura alien ( ao que parece estão finalmente mudando a personalidade dela para que possamos torcer por ela), ela pede para finalmente o medico da nave verifique o ser alien que ao que parece está morrendo (normalmente assim que um ser desses é encontrado o medico da frota tenta cuidar dele, mas ao que parece o universo de discovery é diferente até nisso).

O Capitão é chamado para uma reunião com Almirantes que querem que o sistema de pulo espacia da Discovery seja duplicado em outras naves, já que foi um avanço tático incrível e está fazendo a diferença na guerra contra os Klingons, ao que parece a federação não se importa em achar e torturar mais aliens, porem a tecnologia parece ser impossível de ser duplicada, porem a Federação acha muito arriscado usar o pulo espacial pois ele pode destruir a Discovery, assim somente se autorizado pelos almirantes  a Discovery poderá utiliza-lo, coisa que deixa o capitão revoltado pois ele quer ganhar a guerra e ser reconhecido nos livros de historia, é algo mais com o ego dele do que a salvação de diversas raças espaciais, o capitão recebe outra bronca da Almirante amiga dele sobre chamar a Micheal como oficial, já que ela foi a unica pessoa a cometer motim em uma nave da Federação e ainda foi quem causou segundo eles a guerra com os Klingons, porem o capitão diz que quer ela para guerrear do jeito que ele quiser usando ela.

O capitão pega uma nave de transporte para voltar para Discovery, porem subitamente em um dos momentos mais idiotas de jornada nas estrelas ele é capturado pelos Klingons (espero que expliquem que tem espiões deles na Federação), mas para a sorte deles alem da mudança de aparência os Klingons estão muito mais fracos fisicamente (mas agora são canibais e fazem churrasco de seres humanos), logo a nave discovery é avisada do que aconteceu, agora cabe ao primeiro oficial Saru resolver tudo, ficando no dilema de resgatar o capitão ou continuar sua missão se tornando o capitão da Discovery, Micheal diz a Saru que a criatura pode estar morrendo a cada pulo, porem não traz nenhuma evidencia cientifica de que isso é verdade.

O capitão é mandado para uma prisão Klingon na mesma cela que Harry Mudd (Harry na serie original era um contrabandista, criminoso,pirata e escravagista), mas aqui ao que parece que tentam dar uma “humanizada” nele, dizendo que ele é apenas uma pessoa comum no universo “dark” de Discovery, quando na verdade ele sempre foi um cara desprezível porem carismático, sempre foi um criminoso da pior especie, o tipo da “escoria” que ainda existia no futuro utópico de jornada nas estrelas, porem aqui eles tentam dar diversas desculpas do porque ele é um criminoso, quando na própria serie ele era criminoso por gostar de ser, aqui tentam dar uma conversa de que Harry Mudd é uma “vitima do sistema”, o que é meio estranho porque mesmo em Discovery a humanidade vive uma nova “era de ouro”.

Somos mostrados de uma maneira bem nada haver que o chefe de ciências e o chefe medico são namorados, porem antes disso os dois se odiavam constantemente, até a Micheal sugerir que o medico conversasse com ele para tentar convence-lo que o alien poderá morrer se continuarem pulando usando ele,  agora todos querem criar um meio de usar o pulo sem torturar o alien, enquanto longe dali o capitão começa a descobrir que está sendo manipulado pelos outros prisioneiros para que os Klingons saibam mais sobre ele, ao que parece o único que ele pode confiar é o Harry Mudd que parece ter domesticado uma aranha klingon dentro da prisão (?!).

O chefe de ciências e a Micheal acabam criando uma maneira de viajar usando o pulo sem torturar a criatura, já o capitão começa a ser torturado pelos Klingons, que ao que parece sabem TUDO sobre ele, inclusive que ele possui sensitividade a luz nos olhos mas nunca fez uma operação para consertar, porem Saru acaba prejudicado pois as mudanças feitas no pulo da nave não estão funcionando e eles mudaram tudo sem avisa-lo, o que é considerado um ato de motim já que Saru é atualmente o capitão da nave, ela diz que tem provas do que está acontecendo (que nunca apresentou para Saru antes), porem a unica maneira de resolver isso é alterando um dna complexo de uma especie evoluída, mas pelas regras da federação (algumas eles ainda seguem) alterar o dna e melhoria genética é proibido, especialmente se for com um humano, Saru manda Micheal ficar confinada e religarem o pulo para resgatarem o capitão.

O capitão acaba descobrindo que Harry Mudd está trabalhando com os Klingons (que novidade), mas ele se justificar com o outro prisioneiro contando que o capitão lorca fugiu deixando sua antiga nave ser destruída, o capitão se justifica dizendo que os klingons torturam e causam morte publica lenta, por isso ele preferiu explodir sua nave a entregar eles aos Klingons (porem nunca vimos klingons fazendo isso antes de Discovery, ou eles matam em uma morte honrada ou mandam para uma prisão onde eles trabalharão até a morte, bem parecida com as Gulags soviéticas, sem falar que isso é uma desculpinha muito mal feita, mas ao que parece todos acreditam).

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, barba

Sim, ele é um espião Klingon
“Star Trek: Discovery Casts Three Major Klingon Roles”. A matéria tem 10 MESES, antes que alguém reclame.

Saru faz um pulo para resgatar o capitão depois de ter encontrado a nave klingon que o capturou, mas ao que parece o ser alien está morrendo e o doutor aparece para dizer que devem respeitar o animal, coisa que antes desse episodio ele nunca disse ou estava prestando atenção na criatura, porem Saru diz para o doutor cuidar da criatura para que eles possam fazer um pulo no futuro, quando o doutor se recusa Saru manda o chefe de ciências resolver o problema, longe dali o capitão cria um plano para fugir dos Klingons, que são facilmente mortos porque na versão de discovery são uns fracotes e dá para quebrar o pescoço deles facilmente, em seguida o capitão e outro prisioneiro fogem deixando Harry Mudd para trás, mesmo sabendo o que vai acontecer com ele depois que eles escaparem, em seguida Harry Mudd jura vingança contra os dois.

Os dois sozinhos vão matando todos os Klingons no seu caminho como se não fossem nada, porem o homem que estava ajudando o capitão fica ferido e diz para ele deixa-lo para trás, porem logo em seguida a Klingon que estuprou o homem (sim isso é mencionado no episodio) aparece e os dois lutam, mas quando ela estava para matar o companheiro de cela do capitão ele retorna e o salva, porem desfigura o rosto da Klingon no processo (outra pessoa que vai atrás dele para mata-lo), porem ele não a mata mas sim foge com o seu companheiro de cela.

Os dois pegam uma nave klingon super esquisita e fogem, sendo perseguidos por outras naves klingons mais esquisitas ainda, mas eles conseguem chegar perto da discovery para serem resgatados, assim saru consegue salvar o dia resgatando o capitão e dando um pulo para um local seguro, porem ao invés de ter usado o ser alien o próprio chefe de ciências se usou para fazer o pulo espacial e quase morre, sem falar que violou diversas leis da federação ao ter alterado o seu próprio dna, enquanto isso Micheal tenta ressuscitar a criatura e a joga de volta ao espaço fazendo ela voltar ao normal.

O Chefe medico e o chefe de ciências vão dormir juntos, tudo parece feliz porem o chefe de ciências parece diferente e um pouco maligno, subitamente do outro lado do espelho uma pessoa igual ele o está observando (seria uma dica do universo espelhado?)

 

Nota 6,5