The Orville 1×04

Um episodio especial com a participação de Liam Neeson, a serie promete outras participações espaciais

The Orville em apenas 4 episódios tem tocado em diversos temas mas sem ser hipócrita, com um bom tom de humor e ao mesmo repleto de ação, eles tem se mantido fiel ao espirito de Jornada nas Estrelas, seja falando sobre o tema transgênero, quanto outros temas polêmicos.

Dessa vez a tripulação encontra uma nave gigante (do tamanho do estado de Nova York), que tem mais de 2 mil anos e é de uma raça desconhecida, sabendo que daqui a 6 meses ela vai se colidir com uma estação espacial a tripulação entra nela, somente para descobrir que dentro dela tem um incrível planeta artificial carregando consigo milhões de pessoas de uma especie alienígena que nem sabem que estão em uma nave, para elas aquilo é um planeta e possuem a nossa tecnologia atual, apesar da nave parecer de tecnologia superior, em um tipico episodio de jornada nas estrelas a tripulação arrisca sua vida para salvar essas pessoas que as odeiam por sere alienígenas para elas, usando em maior parte de sua sabedoria, muitos deles são torturados durante o episodio no estilo de um episodio de jornada nas estrelas eles sabem que aquela civilização está com medo e por isso os tratam dessa maneira, que não é culpa realmente dos aliens o seu comportamento, porem eles estão sem o apoio de sua nave que teve que sair em uma emergência.

O episodio trata também sobre crença e descrença, sobre acreditar ou não em algo superior, apesar de Seth MacFarlane ser ateu ele não tenta ser “doutrinador” com o que acredita, mas faz uma critica as teocracias especialmente as islâmicas nesse episodio que é violento, mesmo com tudo contra eles o grupo consegue salvar a a especie alienígena, terminando de uma forma que faria o criador de jornada nas estrelas orgulhoso.

Nota 9