Precisamos de um novo Pennywise?

Um livro com o título: IT- Uma obra do prima do medo, poderia ser muito pretensioso se não fosse escrito pelo rei do terror moderno Stephen King. A última edição é de 2014 e saiu pela Suma das letras no Brasil, um calhamaço de 1104 páginas. É um livro com personagens muito bem estruturados, o talento do escritor e a quantidade de páginas garantem isso. Outro fator positivo é que nós acompanhamos os sete personagens principais, e os heróis do livro, da infância a vida adulta. King é visto por muito leitores como um escritor prolixo, mas essa característica traz uma grande profundidade para seus personagens.

Sinopse do livro: Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e… do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez A Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry.

Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa.

IT foi lançando em 1986 e em 1990 foi adaptado para um minissérie para Tv e é esse filme que temos como referencia. O resultado foi um filme de 190 minutos que divide opiniões. Possui duas partes, a primeira focada na infância dos personagens e no primeiro confronto com a coisa e segunda com os personagens adultos retornando para a cidade de Derry. O elenco infantil cativou as pessoas e ficou difícil para os atores adultos e os efeitos especiais da segunda parte manter o alto padrão da primeira. Contudo pessoalmente eu gosto da produção e o ator Tim Curry imortalizou o palhaço Pennywise, criando uma geração com medo de palhaços (coulrofobia).

Depois de um excelente livro e um filme que mesmo com problemas é um grande clássico do terror vem aí uma nova produção de IT, estréia prevista em 07 de setembro de 2017. Precisamos de uma readaptação? Estou ansiosa para assistir, mas sinceramente tenho medo e não é do palhaço, mas sim como ele será feito. Com a experiência do filme de 90 deu para perceber que três horas é pouco e uma série mais longa é necessária. Seguindo a onda dos últimos anos a produção vai ser dividida em duas partes, isso resolve o problema de tempo e rende mais para os estúdios, mas cá entre nós eu gostaria de poder assistir tudo de uma vez no Netflix (risos). O próprio Stephen King divulgou que já assistiu o longa e aprovou e sabemos que ele compra briga quando não gosta, vide o caso com o filme O iluminado.

O trailer já foi divulgado e é bastante animador, as cenas escolhidas são fidedignas ao livro, mas sem duvida a maior polêmica fica para a caracterização de Pennywise. Bill Skarsgar vai encarnar o palhaço e a maquiagem agradou mais do que o figurino. O que se sabe até agora é que Pennywise vai aparecer mais nessa readaptação, porém sem deixar de mostrar as cenas em que ele muda de forma para atacar usando o medo de cada um. Curiosamente o novo filme surge 27 anos depois do primeiro, o mesmo espaço de tempo que a coisa aparece para aterrorizar a cidade de Derry. Esperamos não ter que aguardar algo equivalente para assistir IT– parte 2.

 

Glaukemp
Escritora de Terror e suspense, roteirista de HQ e Editora da revista Litere-se. Moça do campo, moradora de Itaipuaçu - Rj. Viciada em séries, chocolates e coisas misteriosas.
  • Acho interessante ter uma nova versão, mas confesso minha preocupação está no roteiro. Espero que o filme não seja repleto cenas com sustos “Buu”. Quanto ao visual do Pennywise eu achei interessante.

  • Frogwalken

    Eu acho que vai ficar FODA PRA CARALHO, o Trailer me animou.

    Só digo que o CREANÇO ali mereceu tomar na Jabiraca, qualquer um sairia correndo desse palhaço loko dos infernos!

    E não seria surpresa se tivesse Direção do Diretor ELEGANTCHÊ e VIZZZIONÁRIO ZECA ZZZNYDER, ele já provou que Filme de Terror é mais da alçada dele! =P