27 # Elefante Rosa

Quase sempre charges, políticas ou não, e muitas crônicas, ainda que pulsantes e pungentes, sofrem de um mal invisível e invariável: o tempo. Ao flertarem com notícias, tendências do momento e personagens de ocasião, tais obras acabam datadas ou fossilizadas, algumas tornando-se, com o tempo, até indesfrutáveis e/ou incompreensíveis.

Nosso roteirista, ao fazer vibrar as cordas vocais do personagem Jota com a menção a um reboot da DC, o que, fato notório, de tempos em tempos acontece, automaticamente tornou a tira atemporal.

Pensando bem, se mencionasse a Marvel daria no mesmo :mrgreen:

 

Arqueólogo do Impossível em alguma Terra paralela